Oleno Matos é eleito presidente da Comissão Permanente da Pessoa com Deficiência e do Idoso

eleito_presidente  (1)
Deputados Naldo da Loteria e Oleno Matos são eleitos vice-presidente e presidente da comissão permanente, respectivamente

O deputado estadual Oleno Matos (PDT) foi eleito na tarde dessa quarta-feira (23) presidente da Comissão Permanente de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do Idoso. A reunião extraordinária ocorreu no Plenário Deputada Noêmia Bastos Amazonas, com a finalidade de eleger a presidência e vice-presidência para o biênio 2015/2016.

A formação da comissão ocorreu de forma consensual, obedecendo aos critérios de proporcionalidade, conforme prevê o Regimento Interno da Casa. Juntamente com o presidente Oleno, atuará como vice-presidente, deputado Naldo da Loteria (PSB), e como membros da comissão os deputados Evangelista Siqueira (PT), Zé Galeto (PRP) e Chico Mozart (PRP).

Em seu primeiro pronunciamento como presidente, Oleno agradeceu, primeiramente, os membros pelo voto de confiança ao escolhê-lo como presidente e por indicar o deputado do PSB para a vice-presidência.

eleito_presidente  (2)
Oleno assinando a ata da reunião extraordinária que o elegeu para presidente; A ata segue para publicação no Diário

Ele comunicou também que os dias e horários das reuniões ordinárias semanais da Comissão serão definidos após abertura do Ano Legislativo 2016. Tudo indica no mês de fevereiro. “Pretendemos ao longo do próximo ano realizar muitas ações voltadas à pessoa com deficiência e do idoso, além de promover audiências públicas para tratar sobre as melhorias da categoria e apresentar proposições”, informou.

O presidente mencionou que pretenderá levar a Assembleia a outros municípios, principalmente, as localidades mais distantes da capital, visando discutir com a população os problemas existentes e buscar medidas para melhorar a vida de cada pessoa.

HISTÓRICO – Por iniciativa do deputado Oleno Matos, a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) criou o Projeto de Resolução que desmembrava a Comissão Permanente do Direito da Família, da Mulher, da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Ação Social e criava a Comissão Permanente de Defesa da Pessoa com Deficiência e do Idoso.

Com a comissão recém-criada, Oleno acredita que as pessoas com deficiência e os idosos terão maior atenção pelo Poder Legislativo. “Assumiremos com a responsabilidade de assegurar o pleno direito às duas políticas públicas. Dialogaremos com aqueles que lutam para que seus próprios direitos sejam respeitados. Iremos procurar realizar uma gestão imparcial, visando os interesses da população”, complementou Oleno.

Texto: Celton Ramos

Fotos: Reynesson Damasceno

Deixe uma resposta